Normas de publicação

Categoria: Sample Data-Articles
Publicado em 11-06-2017
Escrito por Super User
Visitas: 1130

Normas de publicação

 

1 - Informações gerais

A Revista "Ecos do Minho" destina-se a todos os profissionais da saúde e a quantos estejam envolvidos na promoção do bem-estar da criança e do jovem.

 

2 // Tipos de artigos

A Revista "Ecos do Minho" contempla a publicação de artigos de investigação original, casuísticas, casos clínicos e artigos de opinião. Os artigos a publicar deverão versar problemas de interesse para a saúde global da criança e do jovem. As opiniões expressas nos artigos são da inteira e exclusiva responsabilidade dos autores.

.

3 - Submissão dos manuscritos

Os manuscritos devem ser submetidos ao Editor da "Ecos do Minho" através do e-mail Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. ou enviados por correio para Revista Ecos do Minho - Associação Pediátrica do Minho – CHMA – Unidade de Famalicão – Rua Cupertino de Miranda, Apartado 31, 4761-917 Vila Nova de Famalicão. A carta de apresentação deve incluir: título do manuscrito, nome dos autores, especificação do tipo de artigo e declaração de transferência dos direitos de autor, assinada por todos: "Os autores abaixo assinados transferem os direitos de autor do manuscrito (título do artigo) para a Revista Ecos do Minho na possibilidade deste ser publicado. Os abaixo assinados garantem que o artigo é original e não foi anteriormente publicado". Situações excecionais de textos não originais poderão ser apreciadas. Os trabalhos propostos serão submetidos à Redação da Revista, que poderá aceitá-los, solicitar correções ou rejeitá-los. Não são cobradas aos autores taxas referentes à submissão ou processamento dos artigos.

.

4 - Formatação dos manuscritos

O manuscrito deve ser redigido em Português ou Inglês, em coluna única, a dois espaços, com letra de dimensão 12. Aconselha-se a utilização dos formatos de letra Times New Roman ou Arial. As quatro margens devem ser de 2,5 cm. Todas as páginas devem ser numeradas incluindo a página do título. Devem ser inseridas quebras de página entre cada secção do manuscrito. O número de autores deve ser restrito aos que verdadeiramente participaram na conceção, realização e escrita do manuscrito.

 

Secções do manuscrito

O manuscrito deve ser apresentado na seguinte ordem:

Título (em Português ou outra língua e repetido em Inglês), autores, instituições, endereço para correspondência.

Resumo e Palavras-chave (3 a 10) (em Português e Inglês - Keywords) de acordo com o MeSH (Medical Subject Heding) - http://www.nlm.nih.gov/mesh. O Resumo e o Abstract (tradução exata, em inglês, do resumo) não devem exceder 300 palavras. Inclui introdução e objetivos do trabalho, material e métodos, resultados e principais conclusões. Nos casos clínicos e séries de casos, deve ser estruturado em introdução, relato do(s) caso(s), discussão (incluindo a conclusão); a conclusão deve destacar os aspetos que justificam a publicação do caso ou série de casos.

Texto. Os artigos devem ser divididos em 4 secções:

a) Introdução com definição / caracterização dos objetivos do trabalho.

b) Material e Métodos (critérios de seleção dos casos, identificação das técnicas utilizadas).

c) Resultados (apresentados na sequência lógica do texto, das figuras e dos quadros). Não usar ilustrações supérfluas ou repetir no texto dados dos quadros.

d) Discussão e conclusões (implicações e limitações dos resultados, sua importância). As conclusões devem estar relacionadas com os objetivos enunciados inicialmente. Não deve repetir os resultados mas sim discutir os resultados.

Bibliografia. Número de autores: até 6, todos; 7 ou mais autores, apenas os três primeiros, seguidos de et al.; as referências devem numeradas por ordem de entrada no texto e mencionadas da seguinte forma:

• Artigo de revista - Ex: Kusel MMH, Klerk NH, Holt PG, et al. Role of respiratory virus in acute and lower respiratory tract ilness in the first year of life. Ped Infect Dis J 2006;25:680-6.

• Capítulo de livro - Ex: Cherry JD, Nieves DL. The Common Cold. In: Feigin RD, Cherry JD, Demmler-Harrison GJ, Kaplan SL. Feijin & Cherry’s Textbook of Pediatric Infectious Diseases, 6th ed. Philadelphia. Saunders Elsevier; 2009;138-46.

• Livro - Nelson JD, Bradley JS. Nelson’s Pocket Book of Pediatric Antimicrobial Therapy. 14th ed. Philadelphia. Lippincott Williams & Wilkins; 2000.

• Página web - Gostin LO. Drug use and HIV/AIDS (JAMA HIV/AIDS web site). June 1, 1996. Available at: http://www.ama-assn.org/special/hiv/ethics. Accessed June 26; 2004.

• Comunicações em congressos/jornadas - Harrigan PR, Don W, Weber AE, et al. Mutated RT and protease. (Abstract I - 115). In: 38th Interscience Conference on Antimicrobial Agents and Chemotherapy, San Diego, California, September 24 to 27, 1998. Washington, DC: American Society for Microbiology; 1998.

• Abreviaturas de Revistas, consultar http://home.ncifcrf.gov/research/bja/

.

5 // Legendas

As legendas devem ser explícitas, de forma a não haver necessidade de recorrer ao texto e devem ser colocadas da seguinte forma:

• Legendas dos quadros e das tabelas: são colocadas por cima do corpo da tabela ou quadro

• Legendas das figuras: são colocadas por baixo da respetiva imagem.

.

6 // Quadros e figuras

Cada Quadro ou Figura devem ser apresentados em páginas separadas, juntamente com os respetivos título e notas explicativas. As Figuras, incluindo gráficos, mapas, ilustrações, fotografias ou outros materiais, devem ser formatadas em computador ou digitalizadas. As ilustrações que incluam fotografias que permitam identificação de doentes, deverão ser acompanhadas pela autorização do doente, ou seu responsável legal, permitindo a sua publicação, devendo ter os olhos tapados ou desfocados digitalmente, de modo a impedir a sua identificação. Apenas serão publicadas citações, tabelas ou ilustrações cuja origem esteja sujeita a direitos de autor, com citação completa da fonte e/ou com autorização do detentor dos direitos de autor.

.